segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Experiência do Feijão

A germinação da semente é uma das fases mais importantes na vida das plantas. A semente é o primeiro passo para o desenvolvimento da planta, desta forma uma semente é como uma pequena cápsula, que contém um embrião em vida latente dentro dela. A vida dentro das sementes se mantem graças às fontes e reservas de alimento e água, que mantém o embrião dentro dela vivo. 

Sem condições ambientais favoráveis, a semente fica dormente ou em estado inativo. Quando as condições externas se tornam favoráveis, o processo de metabolismo é iniciado e as sementes germinam. E ela agora está pronta para crescer e se tornar uma planta adulta. Então, simplesmente, a germinação é um processo que inclui várias mudanças que ocorrem a partir da semente inativa até o momento em que condições externas favoráveis são fornecidas para que a semente brote.





Material:
Sementes de feijão
Copos plásticos descartáveis
1 rolo de papel higiênico (sem perfume) ou algodão
Água
Tampinha plástica de garrafa PET para medida ou o equivalente a 3 colheres de sopa

Montagem:
Separar 4 picotes de papel higiênico (dimensões aproximadas de 10 cm x 10 cm) para cada copo plástico.
Dobrar os picotes ao meio duas vezes.
Forrar o fundo dos copos com 3 picotes dobrados. Pressionar levemente sem compactar o papel.
Encharcar os picotes dos copos com aproximadamente uma medida de água.
Depositar com cuidado - sem compactar - o picote restante sobre o papel encharcado. Deve apenas tocar o papel molhado no fundo do copo e deixar que a capilaridade umedeça o picote.
Colocar 4 sementes sobre o papel em cada copo.

Observações:
Copos de 200 ml podem ser substituídos por copos descartáveis de café - 50 ml - ou outros recipientes. A quantidade de sementes pode variar com o tipo de recipiente. O papel higiênico pode ser substituído por algodão, areia, cascalho, vermiculita ou outro substrato. Mas as sementes não devem ficar enterradas.
Outras sementes podem ser utilizadas: milho, laranja, alpiste, abacate (necessitando, claro, recipiente maior), etc. Algumas sementes necessitam de tratamento especial para quebra de dormência.



 Procedimento:
Dividir a sala em 2 grupos. O primeiro grupo fará a experiência colocando um dos copos em local sem iluminação - por exemplo, dentro do armário - o outro em local com iluminação natural - próximo à janela. Acompanhar por uma semana. (Eventualmente pode ser necessário umedecer o papel após alguns dias).
Após sete dias, verificar o estado de germinação das sementes. Durante o período de observação, os alunos podem fazer desenhos, anotar a cor da semente, fazer medições e etc.

Resultados:
Vários parâmetros podem ser comparados: fototropismo, geotropismo, porcentagem de germinação, comprimento médio das plântulas, fotossíntese, etc.


Avaliação:
Ao final do experimento pode-se fazer uma tabela com a classe indicando se houve germinação ou crescimento. Pode-se aumentar os fatores que influenciam a germinação, como, por exemplo, ausência de substrato e/ou de água.

Fonte: http://biomagister.haaan.com/feiradeciencias/experimentos/germinacao1.html
http://pequenoscientistassanjoanenses.files.wordpress.com/2011/06/experic3aancia-feijc3a3o-003.jpg






9 comentários:

  1. :o nossa em que interresante vou tentar,gostei pra caraculas em

    ResponderExcluir
  2. que merda o meu não creceu :( :( :( :( :) vou terntar mais uma vez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É VAI LÁ que vc consegue

      Excluir
    2. isso aí, desistir nunca!!

      Excluir
    3. Quando o feijão cresce bastante é bom

      Excluir
  3. Muito boa explicação e belas imagens.
    Tô levando como sugestão para aplicar com meus alunos..
    Obrigada por compartilhar.Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também vou passar para meus alunos!!! beijos

      Excluir
  4. Excelente postagem!

    Acompanho este espaço já algum tempo, e posso afirmar que aqui tem informações e dicas valiosíssimas para aqueles que gostam e precisam estudar sobre a Química.

    Aproveito o momento para deixar um convite para você visitar o blog QUÍMICA PERIÓDICA - Aprender Química de maneira fácil e divertida!

    Deixo meus parabéns ao proprietário deste espaço e que você continue nos trazendo conhecimentos valiosos.

    ResponderExcluir
  5. aproximadamente quanto tempo leva para eles nascerem?

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...